sábado, 24 de dezembro de 2011

A Felicidade e o amor


Como se explica a felicidade?

Como se explica o amor?

Como é possível explicar um sentimento tão puro que nos traz saudades, que nos traz uma enorme angústia por falta de ver essa pessoa, esse seria o amor?

Não penso e falo só do amor familiar, penso e falo também do amor conjugal, entre homem e mulher.

Por muitas vezes acabamos enfrentando nossas famílias, achando que com isso nos tornaríamos pessoas mais felizes, pois por um momento em nossas vidas achamos que não somos felizes.

Bom, a vida nos ensina que não existe realmente a felicidade constante, mais sim momentos felizes para serem recordados. Mas, não é possível viver com momentos felizes, sabendo que fomos capazes de passar por cima dos sentimentos dos outros, aí vem em nossa cabeça uma enorme dúvida: será que tudo o que fizemos valeu realmente à pena?

Se apenas estiver com a pessoa para satisfazermos os nossos desejos, nossas próprias vontades sem se importar com os sentimentos dos outros .

Mais se o amor é verdadeiro, nada nem ninguém será capaz de separar você dessa pessoa.

Não veja o amanhã como o fim e sem como o recomeço de uma nova história de amor, pois cada dia é um novo dia.

Lembre-se que a vida dá muitas voltas, e tudo que vai, volta, mas se não voltar marca, pois o que te pertence o destino não te leva. Então ame e expresse seus sentimentos para a vida, para ter realmente momentos felizes!

Autores : Victoria e Lucas 1° ano B

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Moção de aplausos para a professora Nilceia Frausino da Silva


Nilceia Frausino da Silva, professora da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves, desenvolve um trabalho maravilhoso com surdos e criou o coral de Libras. Seu trabalho foi reconhecido pela câmera municipal de Carlinda.

Parabéns professora, são pessoas como você que faz a diferença e que precisamos para tornar o mundo mais digno e humano
.